Buscar
  • adautossilva

Vídeo mostra que barraco em Manacapuru teve outros atores e vai parar na justiça




Após a grande repercussão em redes sociais da contusão ocorrida na tarde desta sexta-feira, 24/07, na baixada do bairro Morada do Sol, em Manacapuru, onde uma mulher flagra uma suposta traição do marido, encontrado por ela com outra dentro do carro, várias foram as observações, opiniões e denúncias que surgiram em função do caso.

Durante a filmagem feita em vários ângulos pelos espectadores, foi possivel perceber, além das ações dos três adultos e uma criança envolvidos diretamente na confusão, que outros agiram como coadjuvantes.

Teve o mototaxi que deu fuga para a mulher que estava acuada dentro do carro com uma criança, diminuindo assim a confusão.




Teve o adolescente, que atendendo o pedido da mulher enfurecida, deu uma pedra para ela atacar o carro, que não tinha nada a ver com o caso, mas teria sido o palco da suposta traição.


Teve o mototaxi que rapidamente procurou alguma coisa dentro do carro.


Teve também uma demonstração de que as mulheres, a partir do momento em que o homem age contrário, elas se unem. Na filmagem um mulher filma de longe a confusão, mas a partir do momento que o homem tenta segurar a esposa enfurecida, ela se aproxima e diz, larga ela..., lar ela...(Veja video)




Por fim, o caso que não foi parar na delegacia por conta dos envolvidos, será levado à justiça pelo Conselho Tutelar.

DENÚNCIA!

Elivon Lira #ConselhoTutelarEmAção Lembrando que não me interessa o teor da discussão! E sim o que se refere a integridade física e psicológica das crianças.

Diante das inúmeras denúncias através das redes sociais, mensagens entre outras.

O Conselho Tutelar estará tomando as devidas providências quanto o fato que aconteceu nesta última sexta-feira (24/07) onde uma criança foi envolvida em uma situação constrangedora e vexatória. (A criança no braço da suposta mãe, é levada as pressas. Enquanto outras duas aparecem chorando tentando separar os supostos pais que discutiam em via Pública)

ECA - Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990 Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências.

Art. 232. Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento: Pena - detenção de seis meses a dois anos.

Art. 18. É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram