• adautossilva

Seguem as buscas pelo Pastor desaparecido em naufrágio de lancha que matou duas mulheres no rio AM

O corpo de Bombeiros e a Capitania dos Portos continuam as buscas pelo Pastor identificado por Alan, que desapareceu no rio Amazonas na tarde desta quinta feira (31), quando a lancha que ele viajava com mais outras 5 pessoas, alagou no rio Amazonas próximo ao município de Itacoatiara. A lancha saiu de Itacoatiara com destino a comunidade Miracãoera com seis pessoas: um casal de pastores, a filha de uma ano e seis meses, mais uma pastora, uma missionária e o piloto da lancha.

Eles são da igreja evangélica Assembleia Missionária e seguiam viagem para realizar um culto na comunidade que fica distante de Itacoatiara uma hora de viagem. A missionsria Ruthe da Silva que sobreviveu ao naufrágio relatou o naufrágio. "Quando deu o primeiro banzeiro a canoa começou a alagar, no segundo ela afundou, eu peguei a tampa da caixa coloquei a criança em cima e nadei até a beira, isso longe, acho que nadei mil metros, quando olhei pra trás ainda vi o pastor tentando desapegar a canoa, mas quando cheguei na beira não vi mais nada", contou.

Uma pastora e a missionária morreram e tiveram os corpos encontrados. O pastor ainda esta desaparecido no rio Amazonas. O Corpo de Bombeiros e a Capitania dos Portos de Itacoatiara retomaram na manhã deste sábado.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram