• adautossilva

Preso homem que matou mulher com 30 facadas por ciumes




Na tarde desta quarta-feira, 02, policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros prenderam Augustinho Rodrigues Saraiva Filho, 32, em cumprimento a mandado de prisão pelo feminicídio da própria companheira, identificada como Jacira de Souza Lima, que tinha 32 anos.


Conforme a delegada Marília, a prisão ocorreu na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus.



O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira (31/08), por volta da meia-noite, na comunidade Divino Espírito Santo, zona rural do município de Careiro Castanho.

Segundo a delegada, na ocasião do crime, Augustinho desferiu mais de 30 golpes de faca na esposa que não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. Após o delito, o homem fugiu para a capital e as equipes da especializada iniciaram as diligências para localizar e prender o infrator.



“Na tarde de hoje, após a expedição da ordem judicial em nome dele, seguimos os trabalhos e conseguimos efetuar a prisão dele na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira. Ele não reagiu à prisão e informou, em depoimento, que desferiu mais de 15 golpes de faca contra a mulher durante um desentendimento entre eles”, explicou a delegada.


O crime revoltou a comunidade, os moradores do Careiro Castanho e os familiares da vítima que afirmaram que o crime foi por motivo passional. “Eu estava dormindo e fui acordada pelos gritos. A minha sobrinha entrou desesperada dizendo que o pai tinha furado a mãe dela. Quando cheguei na casa, minha irmã ainda estava viva e me fez um pedido: ‘Estou toda furada, minhas tripas estão para fora. Cuida dos meus filhos’. Em seguida minha irmã morreu abraçada comigo”, contou Maria José, irmã de Jacira.


Parentes de Augustinho disseram que ele era uma pessoa tranquila, pacatas e que nunca tinha agredido Jacira, mas os familiares desmentiram essa versão dizendo que ultimamente que ele morria de ciúme e se tornou uma pessoa muito agressiva:


“Ele matou ela só porque ela passou a se arrumar mais e ficar mais bonita”, completou Maria José.


O mandado de prisão em nome do infrator foi solicitado pelo delegado Rudival Magno, titular da 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Careiro Castanho, e a ordem judicial foi expedida nesta quarta-feira (02/09), pelo juiz de Direito Roberto Santos Taketomi, da Vara Única da Comarca de Careiro Castanho.


Procedimentos – Augustinho será indiciado por feminicídio. Ao término dos procedimentos na DEHS, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde passará por audiência de custódia.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram