Buscar
  • adautossilva

PM prende 19 pessoas no interior do Estado no fim de semana

Durante o final de semana, a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) prendeu 17 pessoas e apreendeu um adolescente em municípios do interior do estado. Em um dos casos, foi realizada a captura de um foragido da justiça. Ao todo, duas armas de fogo, 34 porções de substâncias entorpecentes e R$ 176 foram apreendidos. As prisões envolveram suspeitos dos crimes de tráfico de drogas, roubo, violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo e homicídio. Os casos foram registrados em oito municípios do Amazonas. Na noite deste domingo (15/03), policiais do município de Alvarães (a 531 quilômetros de Manaus) prenderam um homem de 20 anos pelo crime de tráfico de drogas. Com ele foram encontradas 20 gramas de maconha do tipo skunk e 12 gramas de cocaína em pó. O suspeito foi conduzido para o Distrito Integrado de Polícia do município (DIP) para os procedimentos cabíveis.

Em Maués (a 276 quilômetros de Manaus), militares da 10ª Companhia de Policiamento do Interior (CIPM) prenderam dois homens pelo crime de tráfico de drogas. Com os dois suspeitos foram encontradas seis trouxinhas de entorpecentes e a quantia de R$ 159. Um dos criminosos é foragido do município paraense de Oriximiná. Os envolvidos foram levados para o 48º DIP.

Por meio de denúncias anônimas, policiais do município de Manaquiri (a 60 quilômetros de Manaus) capturam Celio Domingos da Silva, de 34 anos, acusado de cometer o crime de latrocínio a um homem no dia 15 de março de 2019. O criminoso estava escondido na casa de seus parentes e foi levado para 33º DIP do município para os procedimentos legais.

No município de Maraã (a 634 quilômetros de Manaus), um homem de 31 anos foi detido por cometer o crime de violência doméstica a sua esposa. A vítima informou os militares que o homem a agrediu com socos, tapas e puxões de cabelo. O indivíduo foi levado para o 60º DIP onde responderá pelo crime. Um adolescente de 17 anos foi apreendido por policiais do município de Beruri (a 173 quilômetros de Manaus) por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas. Durante a abordagem ao jovem, a polícia encontrou sete trouxinhas de oxi e a quantia de R$ 17. O adolescente foi levado para 80º DIP de Beruri.

Polícia Civil prende dois homens que atuavam em organização criminosa em Coari Na manhã de sábado (14/03), por volta das 6h, a equipe de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Coari, sob a coordenação da delegada-geral Emília Ferraz e do delegado José Barradas, titular da unidade policial, e com o apoio da Polícia Militar, cumpriu mandando de prisão preventiva em nome de Raimundo de Souza Araújo, 46, conhecido como “Nego do Catara” e Valcileno Carvalho Telles, 22, conhecido como “Telezinho”, por organização criminosa e pirataria nos rios. De acordo com a autoridade policial, os indivíduos foram presos em suas respectivas residências, na rua da Paz e na Comunidade Porto Novo da Ilha do Geral, naquele município (distante 363 quilômetros em linha reta da capital). Segundo o delegado, Raimundo estava sendo investigado por comandar uma organização criminosa na cidade. Ele havia sido liberado há pouco tempo do presídio de Manaus. “Após investigação, identificamos que Raimundo estava envolvido com o crime organizado. Anteriormente, efetuamos a prisão de Jhonathan Borges Lopes, que durante o interrogatório revelou que trabalhava para ‘Nego do Catara’, e que ‘Telezinho’ era responsável por manter o esconderijo criminoso. De imediato, representei a justiça pelo pedido de prisão deles”, informou a autoridade policial. Conforme Barradas, o mandando de prisão em nome deles foi expedido no dia 7 de fevereiro deste ano, pela juíza Juliene Rossendy Rosa Neres, da Comarca de Coari. Procedimentos – Raimundo e Valcileno foram indiciados por organização criminosa e pirataria nos rios. Após os trâmites cabíveis na delegacia, eles serão encaminhados à Unidade Prisional de Coari, onde ficarão à disposição da Justiça. FOTOS: Divulgação/PC-AM Mais informações: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM): Lana Honorato (99317-9840, 99962-2705 corporativo, 3214-2250 e 3214-2262).

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram