Buscar
  • adautossilva

PC apreende 80 quilos de drogas em embarcações, nos municípios de Anori e Manacapuru

Policiais civis do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), em ação conjunta com o Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Delegacia Fluvial (Deflu), 79ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Anori, DIP de Manacapuru e agentes da Receita Federal, deflagraram, nos dias 29 e 30 de dezembro de 2019, operação policial que resultou na prisão de quatro pessoas e na apreensão de, aproximadamente, 80 quilos de entorpecentes, entre maconha do tipo skunk e cocaína, em duas embarcações. Na ocasião também foram apreendidas duas armas de fogo.

Conforme o delegado Paulo Mavignier, diretor do Denarc, o objetivo da operação foi coibir o transporte de entorpecentes que tinha como destino à capital amazonense, sendo transportados em barcos que trafegavam pelo rio Solimões, no entorno dos municípios de Anori (distante 195 quilômetros em linha reta da capital) e Manacapuru (distante 68 quilômetros de Manaus).

“Durante o primeiro dia da operação, abordamos um barco em Anori, e após revista com o cão Odin, da Receita Federal, encontramos três malas com cerca de 20 quilos de maconha do tipo skunk, que pertenciam a três mulheres, identificadas como Janaina de Lima Dourado, 26; Jéssica Cunha da Costa, 27, e Juciane de Souza Pereira, 22, que receberam voz de prisão”, explicou Mavignier.

Em continuidade aos trabalhos, na última segunda-feira (30/12), as equipes realizaram a abordagem em uma embarcação do tipo ferry boat, no município de Manacapuru, na qual, durante revista, apreenderam cerca de 60 quilos de substâncias entorpecentes, entre maconha e cocaína, que estavam escondidos dentro de um ar-condicionado portátil. O indivíduo identificado como Williams dos Santos Batista, 23, que estava responsável pelo eletrodoméstico foi preso em flagrante. “No mesmo dia, chegamos a abordar um terceiro barco. Não encontramos ninguém, mas apreendemos uma espingarda e um revólver calibre 38. As investigações em torno do caso irão continuar para identificarmos os donos do materiais”, disse o diretor do Denarc. Procedimentos – Conduzidas ao prédio da 79ª DIP, Janaina, Jéssica e Juciane foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, o trio permaneceu na carceragem da delegacia. Já Williams foi autuado por tráfico de drogas e está custodiado na carceragem da DIP de Manacapuru, que funciona como unidade prisional naquele município. FOTO: Divulgação/PC-AM

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram