Buscar
  • adautossilva

Mulheres: Das 'celas' para os jardins, onde deveriam estar

Detentas da Penitenciária Feminina de Manaus são capacitadas com Curso de Jardinagem

Vinte e seis internas da Penitenciária Feminina de Manaus (PFM) participaram do Curso de Jardinagem que se encerrou nesta quarta-feira (04/03) na unidade prisional, localizada no Km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista). A qualificação A qualificação é parte do projeto de ressocialização “Plantando a Liberdade”, da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), em parceria com a empresa RH Multi Serviços Administrativos Ltda.

O curso, com certificação válida em todo o território nacional, teve carga horária de 60 horas. As aulas foram realizadas pela manhã, a partir das 8h, prosseguindo após o almoço até as 15h, quando era colocado em ação o ensino prático.

As reeducandas receberam ensinamentos sobre adubo, conhecimento do ambiente onde será feita a plantação, como plantio, espécies de plantas, hortaliças, tempo de colheita e outros.

A professora Sônia Reis revelou que o curso foi de jardinagem, porém com foco era horta e compostagem, levando em conta a horta que já existe na unidade. “A ideia do curso era de que elas pusessem a formação em prática na jardinagem e, principalmente, na horta. Até porque a horta já estava quase 90% pronta, faltando apenas produzir. E foi isso que o curso veio auxiliar”, pontuou a professora. Capacitação – Na unidade, já foram oferecidos diversos cursos profissionalizantes, como Customização de Sandálias, Depilação Básica e Design de Sobrancelhas, Pintura Predial, Panificação, Curso de Iniciação Musical Básica, Corte e Escova, entre outros.

O Curso de Bombeiro Hidráulico será o próximo a ser oferecido na PFM, com início previsto para a primeira semana de abril. O diretor da unidade, Paulo Sérgio, confirma a importância de cursos. “Os projetos visam a ressocialização das apenadas, além de habilitá-las num mercado de trabalho que está se expandindo, que é o de orgânicos, jardinagem e paisagismo. Sem falar que elas conseguem remir suas penas pelo estudo e pelo trabalho, pois continuarão cuidando da horta”, finalizou. FOTOS: Divulgação/Seap Mais informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap): Fernanda Teixeira (3215-2751 e 99983-5592).

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram