• adautossilva

Milionário que chamou presidente da China de ‘palhaço’ é condenado a 18 anos de prisão e multa



O milionário chinês Ren Zhiqiang, crítico do presidente da China, Xi Jinping, a quem chamou de “palhaço”, foi condenado nessa terça-feira (22/9) a 18 anos de prisão. Ele também terá que pagar uma multa de 4,2 milhões de yuanes (620 mil dólares) por “corrupção”.

Em março Ren Zhiqiang publicou na internet uma crítica à resposta das autoridades à epidemia de covid-19, que surgiu no ano passado (2019) na cidade de Wuhan, região central da China.

Zhiqiang chamou Xi Jinping de “palhaço” e acusou o governo de reagir com atraso. Em abril as autoridades iniciaram uma investigação por “violação da disciplina”.

O tribunal de Pequim disse que o magnata de 69 anos utilizou o seu poder para aceitar subornos e desviar dinheiro público. De acordo com as autoridades chinesas, Zhiqiang admitiu a culpa nos crimes de que está acusado e disse que não pretende recorrer.

A dura sentença é vista por opositores ao regime como uma punição e uma espécie de “aviso” para quem é contra o Partido Comunista Chinês.

Com informações, Revista Oeste

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram