• adautossilva

Interior na rota do trágico: Mais de meia tonela de drogas apreendidas em operações da PM

Forças especiais da Polícia Militar intensificaram operações no interior

As forças especiais da Polícia Militar do Amazonas intensificaram as ações em municípios do interior do Estado em 2019. Em média, foram realizadas sete operações policiais por mês, coordenadas pelo Comando de Policiamento Especializado (CPE), totalizando 83 missões entre janeiro e novembro, com 34 presos e 36 armas de fogo apreendidas.

Realizadas em 21 municípios, as missões também resultaram na apreensão de mais de meia tonelada de entorpecentes, oito veículos, quatro embarcações e uma aeronave. Além das apreensões, foram realizadas quatro revistas em unidades prisionais e 56 escoltas de presos.

De acordo com o comandante do CPE, coronel Bruno Azevedo, as operações são determinadas pelo governador do Estado, Wilson Lima, pelo secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, ou mesmo pelo Comando-Geral da Polícia Militar, com objetivos diversos. “Nossas missões no interior vão desde o reforço no policiamento até ao combate à pirataria, revistas no sistema prisional, apreensão de armas, apreensão de entorpecentes, reforço e integração com a Polícia Civil, entre outras”, disse.

Fazem parte das tropas especializadas as Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), a Companhia de Operações Especiais (COE), o 1° Batalhão de Choque, o Regimento de Policiamento Montado (RPMon), a Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) e o grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte). Rocam – Até novembro, a Rocam foi a tropa mais demandada, com 26 missões em municípios do interior. O comandante da unidade, major Wener Vieira, destaca o trabalho realizado. “Tivemos uma produtividade de 20 armas de fogos de diversos calibres, conseguimos realizar a apreensão de mais de meia tonelada de drogas e, acima de tudo, conseguimos restabelecer a sensação de segurança aos moradores”, afirmou. Fronteira – As tropas especializadas se preparam para intensificar a atuação na fronteira do Estado com outros países, especialmente para combater o narcotráfico. No último dia 17, foi publicada a portaria implementando o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras (Vigia), do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em apoio à SSP-AM. “Recentemente, iniciamos o embrião do programa Vigia, com atuação da Rocam e da COE na cidade de Tabatinga, fazendo frente ao tráfico de entorpecentes, revistas às embarcações e atuações no alto Solimões”, disse o comandante do CPE, Bruno Azevedo. Produtividade CPE no interior 640 kg de entorpecentes apreendidos 36 armas de fogo apreendidas 34 prisões 8 veículos recuperados 4 embarcações apreendidas 1 aeronave apreendida

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram