• adautossilva

Homem preso assume ter participado do latrocínio de pescador em Anamã

Policiais Militares do 3° GPM em ação conjunta com a Polícia Civil, detém um homem por latrocínio no município de Anamã.




O corpo do pescador Valdemir dos Santos Bastos, 64 anos, conhecido por "Arigó", foi encontrado boiando próximo ao flutuante da vítima na orla de Anama. Arigó foi vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

A polícia ficou sabendo do caso por volta das 8h desta segunda-feira (07/09), através da senhora Sirlene que procurou o GPM para comunicar o desaparecimento de seu genitor.




Uma guarnição da PM foi até a casa da vítima e constatou que haviam vestígios de sangue no flutuante onde ele morava, a equipe fez o isolamento do local até a chegada do investigador da Polícia Civil.




Após buscas feitas por familiares, foi encontrado o corpo da vítima boiando na Ressaca do Juariá.

Informações deram conta de um suspeito do crime que estava escondido na casa de parentes no bairro Esmeralda Mourão, as equipes policiais foram até o local, mas ele não foi encontrado,  foram feitas buscas na mata para localiza-lo, porém sem sucesso.



Por volta das 17:30 surgiu a informação de que havia uma segunda pessoa envolvida no crime, esse homem foi encontrado em sua residência na Estrada Anamã-Cuia. Ele foi levado ao 81° DIP, onde confessou ter participado do homicídio, juntamente com o primeiro suspeito .

O homem detido foi transferido para Manacapuru, onde se encontra a disposição da justiça.



A suspeita é de que a dupla foi até o flutuante da vítima para rouba e como não encontraram nada de valor para levar, teriam matado Arigo e jogado o corpo na água.


Nesta terça-feira, dia 08, está chegando reforço policial no município de Anamã para continuarem as buscas pelo outro suspeito.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram