• adautossilva

FVS-AM monitora ações de enfrentamento da Covid-19 em Manacapuru

Técnicos da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) monitoram e direcionam, nesta quinta-feira (16/04), as ações de enfrentamento ao novo coronavírus (SARS-CoV-2) em Manacapuru (a 68 quilômetros a oeste de Manaus). Também estiveram presentes na ação profissionais da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e Departamento Nacional de Trânsito (Detran-AM). Esta é a segunda visita técnica ao município para alinhamento de forma integrada das ações para o enfrentamento da doença.

No último boletim da FVS-AM, Manacapuru é segundo município com mais casos da doença no Amazonas. Foram confirmados até o momento 149 casos positivos, com seis óbitos. De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, as equipes direcionam as ações das vigilâncias epidemiológica, sanitária e laboratorial no município. “Manacapuru vem apresentando aumento no número de notificação. Trata-se de um reforço às atividades que já estão sendo executadas pela secretaria municipal de saúde”, disse.

Foram acompanhadas as ações de orientação sobre funerais e enterros de pessoas mortas por Covid-19, fluxos de atendimento aos suspeitos de Covid-19, orientação sobre uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) e Segurança do Paciente, monitoramento do Plano de Contingência, acompanhamento das ações sendo executadas pelo município envolvendo todos os setores. A sanitarista Josielem Amorim, que coordena o Grupo Técnico de Integração (GTI-FVS-AM), que segue em missão no município, antecipou a programação que será realizada nesta quinta-feira (16/04). “As equipes estão distribuídas em várias frentes de trabalho, para contribuir com atividades desenvolvidas na cidade, mas o que estamos constatando, por aqui, é que muitos estabelecimentos estão fechados, e ainda assim (há) fluxo intenso de pessoas na rua, sem cuidados como a distância mínima entre elas de 1 metro, e poucas pessoas usando máscara, e aglomerações expressivas nos serviços como bancos e loterias. Fizemos a intervenção imediata na organização dessas aglomerações”, revelou. Josielem explica que a não adesão da população local às recomendações da saúde pode gerar um número muito maior de pessoas doentes. “É preciso que as pessoas sigam em quarentena para colaborar com a contenção do vírus. Essa é a principal estratégia utilizada que dá resultados”, reforçou. Pela FVS-AM, estiveram presentes na ação equipes do Grupo Técnico de Integração (GTI), Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE), Departamento de Vigilância Sanitária (Devisa) e Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). *FOTOS:* Divulgação/FVS-AM

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram