• adautossilva

Domingo de Ramos: Começa Semana Santa

A Semana Santa é um período sagrado para os cristãos, que envolve os últimos momentos de Jesus antes de ser crucificado e a sua ressurreição, que acontece no domingo de páscoa. É a ocasião perfeita para fazer orações, compartilhar mensagens e colocar em prática as tradições. A quaresma já começou. Milhares de pessoas ao redor do mundo aproveitam esse período de 40 dias para rezar, fazer caridade e cumprir penitencias. Os últimos dias desse período são os mais importantes para os fiéis, pois compõem a Semana Santa. A Semana Santa existe com o propósito de celebrar a Paixão de Cristo. O registro da primeira celebração desse período sagrado é datado em 1682. Na época, o Concílio de Niceia determinou que o catolicismo seria a religião oficial do Império Romano.

De acordo com o Concílio de Niceia, a Semana Santa é composta por 8 dias sagrados. Tudo começa com a entrada do Messias em Jerusalém e termina com o milagre da Ressurreição. No intervalo entre esses dois acontecimentos, episódios importantes são relembrados pela fé católica. Em 2020, a Semana Santa começou neste domingo, dia 05 de abril. Ela chegará ao fim no domingo, dia 11 de abril. Significado de cada dia da Semana Santa Veja o significado de cada dia da Semana Santa e as tradições praticadas pelos fiéis: 1º Dia (domingo) No dia 05 de abril, primeiro dia da Semana Santa, as pessoas se preparam para celebrar o Domingo de Ramos. A data relembra a chegada de Jesus Cristo em Jerusalém, após ter passado 40 dias jejuando no deserto. Ele entrou na cidade sagrada montado em um jumento (símbolo da humildade).

O povo cortou ramos de árvores e folhas de palmeira para saldar a chegada do Messias. Isso causou revolta, medo, inveja e desconfiança de pessoas importantes na época, como sacerdotes e mestres de Lei. Em suma, eles tinham medo da influência de Jesus, por isso começaram a se organizar para matar o filho de Deus. O início da celebração da páscoa conta com uma missa na qual os fiéis celebram a benção dos ramos. 2º Dia (segunda-feira santa) O segundo dia da Semana Santa, que nesse ano cai no dia 06 de abril, foi um momento de descanso para Jesus. Ele passou horas de tranquilidade na casa do seu amigo Lázaro, de Marta e de Maria Madalena. 3º Dia (terça-feira santa) A terça-feira santa é um dia de tristeza para Jesus, que anuncia sua morte aos apóstolos. Ele afirma que há um traidor no grupo, que no caso seria Judas. Apesar de tudo, o Messias parece compreender o seu destino e manifesta o seu amor por todos. Em 2020, a terça-feira santa cai no dia 07 de abril.

4º Dia (quarta-feira) As igrejas, especialmente de cidades do interior, aproveitam esse dia para realizar a Procissão do Encontro. Os homens partem de um determinado local com a imagem de Nosso Senhor dos Passos, ao encontra das mulheres, que carregam Nossa Senhora das Dores. Esse ritual sagrado é realizado com o objetivo de relembrar o doloroso encontro entre Mãe e Filho. Na quarta-feira santa, a traição de Judas é anunciada. O discípulo entregou Jesus aos chefes dos sacerdotes em troca de algumas moedas. 5º Dia (quinta-feira) Jesus Cristo se reúne com os apóstolos na quinta-feira santa para a última ceia. Ele lavou os pés dos 12 homens e encorajou o amor ao próximo. Na noite em que reuniu os apóstolos pela última vez, o Messias ofereceu pão e vinho, que simbolizam o corpo e o sangue. Foi nesse dia que ele instituiu a Eucaristia. A Igreja Católica considera o quinto dia da Semana Santa muito importante, por isso promove alguns rituais sagrados, como é o caso da benção dos óleos santos, a celebração da crisma e o lava-pés. Na cerimônia de Lava-pés, o padre ou bispo lava os pés de pessoas da comunidade, como uma forma de relembrar o gesto de Jesus Cristo. 6º Dia (sexta-feira) Na sexta-feira santa, Jesus foi preso, açoitado e condenado por Pilatos a crucificação. Além de carregar uma cruz nas costas, ele recebeu uma coroa de espinhos na cabeça. O filho de Deus é caminhou até o monte Calvário, onde foi crucificado ao meio-dia, ao lado de dois ladrões. Jesus morreu às 15h00 e seu corpo foi colocado em um sepulcro cavado na rocha. No sexto dia da Semana Santa, que em 2020 cai no dia 10 de abril, os fiéis são convidados a compadecer do sofrimento de Jesus Cristo. Por conta disso, é comum fazer jejum, não comer carne vermelha e não brigar. Tudo em respeito à morte do Senhor. Na época de Jesus, a carne vermelha era muito cara e as famílias pobres não tinham acesso. Em contrapartida, os peixes eram mais baratos e encontrados em abundância. Por esse motivo, a tradição de comer peixe na sexta-feira santa ainda se mantém tão viva entre os cristãos. Abster-se de carne vermelha é sinal de sacrifício em nome de Cristo. 7º Dia (sábado) No sétimo dia, também conhecido como sábado santo ou de Aleluia, começa a Vigília Pascal. Durante esse dia, Jesus permanece morto e tudo parece perdido. Essa data é importante pois comprova que o Senhor morreu de verdade, ou seja, que não foi uma farsa. 8º Dia (domingo) Jesus esteve realmente morto durante todo o sábado, mas ao amanhecer no domingo de páscoa, ressuscitou. Ele venceu a morte e levantou de sua sepultura, como um sinal de amor, vida, esperança e misericórdia. No domingo, 12 de abril, o mundo fica em festa por causa da ressurreição de Jesus Cristo. Há muitas formas de celebrar esse episódio, como é o caso do almoço em família.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram