• adautossilva

Corpo de idosa com suspeita de covid é trocado pelo de um homem em hospital

O Hospital São Luiz em Cáceres (MT) abriu uma sindicância para apurar a troca de corpos de idosos que estavam internados e morreram na última quarta-feira.



Patrícia Ribeiro Aquino, neta de Alaíde Rosa de Aquino, de 81 anos, afirmou que a avó deu entrada no hospital na manhã de sábado (23), com quadro de insuficiência respiratória aguda grave. No entanto, após a morte, o corpo liberado para a funerária e sepultado foi o de Adélio João de Souza, de 66. A idosa ficou internada em isolamento e não podia receber visitas dos familiares. Patrícia contou que o corpo da avó foi lacrado e entregue pela equipe do hospital aos funcionários da funerária. O Hospital São Luiz informou que, desde o início da internação, o quadro da idosa foi incluído nos boletins diários como paciente com suspeita de covid-19.


- Veja mais em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/05/27/corpo-de-idosa-com-suspeita-de-covid-19-e-trocado-por-hospital-de-mt.htm?uol_app=uolnoticias&cmpid=copiaecola

A troca dos corpos foi constatada pela própria unidade, que entrou em contato com Patrícia e pediu para que ela fosse até o local para conversar com os médicos. "O hospital ligou dizendo que tinha acontecido um engano, que a família precisava comparecer. Contaram sobre um senhor, que também tinha morrido no mesmo dia, mas já tinha testado negativo para covid-19. Trocaram os corpos", lembrou. Patrícia contou que o corpo de Adélio foi enterrado como sendo da avó e a família precisou ir à funerária para resolver o problema. O corpo de Alaíde permaneceu no Hospital São Luiz e os familiares pretendem procurar a Justiça.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram