• adautossilva

Com 1.016 casos de covid-19 em outubro, MP e candidatos suspendem comícios em Parintins



O Ministério Público Eleitoral, em Parintins, reuniu candidatos a prefeito e fechou acordo para que não sejam realizados comícios, entre outras medidas, durante esta campanha para as eleições municipais de 15 de novembro. O acordo foi fechado na forma de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelos candidatos e a Promotora Eleitoral Eliana Amaral. A reunião teve o objetivo de adequar as atividades de campanha às regras sanitárias para combate a pandemia da COVID—19.

Em São Paulo de Olivença, no alto rio Solimões, acordo entre Justiça Eleitoral e Coligações também suspendeu comícios e atividades que geram aglomerações, da campanha eleitoral em curso. Os municípios da 6a. Zona Eleitoral, Manacapuru, Caapiranga e Anamã, já suspenderam comícios, carreatas, caminhadas e passeatas anteriormente.

Assim, os compromissários do TAC de Parintins resolveram:


CLÁUSULA PRIMEIRA — Os COMPROMISSÁRIOS farão com que seus candidatos respeitem as normas sanitárias estabelecidas pelas autoridades federais, pelo Governo do Amazonas e pelo Município de Parintins, se responsabilizando pelo seu adimplemento;


CLÁUSULA SEGUNDA — Os COMPROMISSÁRIOS comprometem-se a se abster de realizar, durante todo o período de campanha eleitoral, qualquer tipo de evento de propaganda eleitoral que gere aglomeração de pessoas, enquanto houver vedação determinada pelas normas sanitárias vigentes, sejam elas federais, estaduais ou municipais, bem como em, sendo permitido de realizar o evento de campanha em desacordo com referidas normas.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram