• adautossilva

Capetinha foi executada por suposta delação que levou membros de facção pra cadeia



Capetinha, como era conhecida no mundo do crime a jovem executada, foi sentenciada para dar exemplo às demais amigas que deram com a língua nos dentes e contribuíram para a prisão de membros do CV que atual no Pará.


Mesmo entregando as “amigas” e justificando ter ficado em silêncio por medo, “Capetinha” foi sentenciada a morte e friamente executada com tiros na cabeça logo que a noite caiu em Marituba/PA.



Os assassinos fizeram questão de filmar a execução para compartilhar as imagens como forma de amedrontar outras pessoas da cidade.



Após supostamente trair companheiros da facção criminosa Comando Vermelho, a jovem identificada pelo apelido de “Capetinha” foi friamente executada com tiros na cabeça na cidade de Marituba, na região metropolitana de Belém, no Pará.


A vítima foi levada na segunda-feira (12) para uma área de mata da cidade após a ordem de execução ser dada por um dos líderes da facção na cidade paraense, por mensagem de whatsapp.


Antes de ser morta, a vítima acabou revelando aos assassinos e, até então, comparsas dela na facção criminosa, quem eram as garotas que estavam passando informações par a polícia.


Segundo os assassinos, as supostas delações das jovens à polícia teriam causado a prisão de vários membros do Comando Vermelho em Marituba. Isso irritou os líderes da facção.



©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram