• adautossilva

Amazonas chega a 1.897 casos de Covid-19 e estado busca ampliar quadro de profissionais da saúde

Número de pacientes recuperados subiu para 432

O Amazonas registrou mais 88 casos de Covid-19 neste sábado (18/04), totalizando 1.897 casos confirmados do novo coronavírus no estado, segundo boletim divulgado pela Secretaria de Saúde (Susam) e pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), em coletiva on-line transmitida pelas redes sociais do Governo do Estado. Também foram confirmados mais 16 óbitos pela doença, elevando para 161 o total de mortes.

Ainda de acordo com o boletim, 1.148 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão em isolamento social ou domiciliar, o que corresponde a 60,52% dos casos confirmados no Amazonas. De ontem para hoje, mais 46 pessoas se recuperaram da doença e estão fora do período de transmissão do vírus, totalizando, agora, 432 recuperados.

Outros 230 testes estão sendo processados no Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen). Participaram da transmissão ao vivo a secretária da Susam, Simone Papaiz, e a diretora-presidente da FVS, Rosemary Pinto. Na ocasião, a titular da Susam destacou os esforços que o Governo do Amazonas tem feito para ampliar o quadro de profissionais da saúde que estão atuando no enfrentamento à pandemia de Covid-19. “Tanto os pronto-atendimentos quanto os SPAs, quanto as unidades hospitalares de maior complexidade, elas acabam tendo uma exaustão dos profissionais, tanto na parte física quanto emocional. Para reforçar o quadro, foram convocados bombeiros de um concurso que foi feito em 2009. Médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais, esses profissionais vão fazer o incremento de linha de frente. Hoje eles iniciaram as atividades dentro da unidade Nilton Lins”, detalhou Simone Papaiz. A secretária ressaltou, ainda, que o Governo do Amazonas publicou o Edital do Processo Seletivo (PSS) da Susam, para a contratação temporária, por 90 dias, de 704 técnicos de enfermagem. As unidades onde os profissionais selecionados irão trabalhar são, segundo o edital, o Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), o hospital da Universidade Nilson Lins, a maternidade Chapot Prevost, e os hospitais e prontos-socorros 28 de Agosto, João Lúcio e Platão Araújo. Além disso, há os profissionais recém-formados pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em Medicina, Enfermagem e Farmácia, que tiveram a colação de grau antecipada para somarem esforços no combate ao coronavírus. De acordo com Simone, o reforço é fundamental no momento em que as unidades de saúde operam no limite da capacidade e enfrentam, ainda, uma alta incidência de profissionais que precisaram ser afastados do trabalho. Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19, há 156 pacientes internados, sendo 68 em leitos clínicos (25 na rede privada e 43 na rede pública) e 88 em UTI (36 na rede privada e 52 na rede pública). Há ainda outros 525 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 367 estão em leitos clínicos (125 na rede privada e 242 na rede pública) e 158 estão em UTI (88 na rede privada e 70 na rede pública). Municípios – Dos 1.897 casos confirmados no Amazonas até este sábado (18/04), 1.593 são de Manaus e 304 do interior do estado. Além da capital, 23 municípios já têm casos confirmados: Manacapuru (177); Iranduba (21); Itacoatiara (15); Tonantins (12); Parintins (11); São Paulo de Olivença (11); Santo Antônio do Içá (10); Anori, Careiro Castanho e Presidente Figueiredo com 6 casos cada; Tabatinga (5); Tefé, Careiro da Várzea e Maués com 4 casos cada; Coari, Lábrea e Novo Airão têm 2 casos cada; e Anamã, Boca do Acre, Carauari, Jutaí, Manicoré e Santa Isabel do Rio Negro têm 1 caso confirmado, cada. Óbitos – Nas últimas 24 horas, mais 16 óbitos que estavam em investigação foram confirmados tendo o coronavírus como causa. Deste total, 12 eram pacientes de Manaus. Três eram pacientes do município de Manacapuru: um homem de 71 anos, que morreu na última terça-feira (14/04); outro homem de 66 anos, que morreu na quinta-feira (16/04); e uma mulher de 83 anos, que veio a óbito ontem (17/04). Nenhum dos três apresentava registro de outras doenças associadas. Um dos 16 óbitos por Covid-19 confirmados nas últimas 24 horas foi de um paciente de Maués que tinha 80 anos e era cardiopata. Entre os óbitos confirmados ontem (17/04), um dos pacientes era indígena da etnia Sateré-Mawé, também do município de Maués, um homem de 68 anos, sem histórico de comorbidades. Ao todo, são 161 mortes em todo o estado. A maioria dos óbitos (134) é de pacientes de Manaus. Os municípios com óbitos confirmados até o momento são: Manacapuru (10), Iranduba (3), Parintins (3), Tabatinga (2), Maués (2), Itacoatiara (1), Careiro Castanho (1), Presidente Figueiredo (1), Tefé (1), Novo Airão (1), Carauari (1) e Manicoré (1); totalizando 27 mortes por Covid-19 entre pacientes do interior. Outros 36 óbitos notificados seguem em investigação pelo Laboratório Central (Lacen). Mais informações podem ser encontradas nos sites www.coronavirus.amazonas.am.gov.br e www.saude.am.gov.br/painel/corona. FOTOS: Rodrigo Santos/Secom

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram