• adautossilva

Ainda tá na Pedra: Familia reclama da demora para levar corpo de Everton ao IML



Parentes do jovem Everton Rafael, 23 anos, morador do bairro da Corenteza, em Manacapuru, que estava desaparecido desde a noite de sábado, 05, e foi encontrado no fim da tarde deste terça-feira, em um saco plástico, jogada em uma area de mata na lateral do km 18 da estrada AM 352, que liga Manacapuru a Novo Airão, reclama que até o fim da manhã, o corpo não foi resgatado pelo IML e permanece desde a tarde de ontem ate agora na pedra fúnebre do necrotério do cemitério de Manacapuru.



A família reclama que devido ao estado de conservação do corpo tentou levar o corpo por conta própria para o IML em Manaus, nas não conseguiu liberação.

Por ter sido caso de homicídio o corpo tem wue passar por necropsia para poder ser sepultado.

©2019 Portal de Notícias@.com / Por Adauto Silva

  • Ícone preto do Facebook
  • Ícone preto do Twitter
  • Ícone preto do Pinterest
  • Ícone preto do Instagram